Análise da Relação Entre a Relevância dos Fluxos de Caixa da DFC e o Desenvolvimento do Mercado de Capitais: um estudo comparativo entre Brasil e Estados Unidos

Vinícius Gomes Martins, Alan Santos de Oliveira

Resumo


A presente pesquisa tem por objetivo analisar a relevância (value relevance) dos fluxos de caixa da DFC em mercados com características distintas, desenvolvido, representado pelos Estados Unidos, e emergente, representado pelo Brasil. Mais especificamente, avaliar qual das atividades apresenta-se como melhor Proxy e se o desenvolvimento dos mercados interfere na eficiência dos mesmos em absorver tais informações. Para isso, utilizou-se uma amostra de 2.338 companhias não financeiras listadas na BM&FBovespa e 6.107 companhias não financeiras listadas na NYSE. Em seguida, fez-se o uso de regressão linear múltipla, onde utilizou-se como variável dependente o valor de mercado das companhias (VME) e como variáveis explicativas o saldo dos fluxos de caixa operacional (FCO), de investimento (FCI) e de financiamento (FCF), aplicando-se para ambas as amostras. Os resultados evidenciaram que para ambos os mercados, o FCO apresentou-se como a única variável significativa, ou seja, com value relevance, portanto, apresentou-se como melhor Proxy para a DFC. As evidências sugerem que a DFC apresentou um menor conteúdo informativo ao mercado norte-americano (R² Aj. de 64,1) ao comparar com o brasileiro (R² Aj. de 66,8), sugerindo que o desenvolvimento do mercado de capitais não influenciou na eficiência do mesmo em refletir esse conjunto de informações no preço das ações.


Palavras-chave


DFC; Eficiência de Mercado; Value Relevance.

Referências


ALI, A.. The incremental information content of earnings, working capital from operations, and cash flows. Journal of Accounting Research. v. 32, n. 1, p. 61-74, 1994.

BARTH, M. E., BEAVER, W. H, LANDSMAN, W.R.. Accruals, cash flows and equity values. Review of Accounting Studies, v. 4, n. 3-4, p. 205-229, 1999.

BARTH, M. E.; BEAVER, W. H.; LANDSMAN, W. R.. The relevance of the value relevance literature for finance accounting standard setting: another view. Journal of Accounting and Economics, v. 31, p. 77-104, 2001.

BARTH, M. E.; CRAM, D. P.; NELSON, K. K.. Accruals and the prediction of future cash flows.The Accounting Review. v. 76, n. 1, p. 27-58, 2001.

BARTOV, E.; GOLDBERG, S. R.; KIM, M.. The Valuation-relevance of Earnings and Cash Flows: an International Perspective. Journal of International Financial Management and Accounting, v. 12, n. 2, p. 103-132, 2001.

BALL, R.; BROWN, P.. An empirical evaluation of accounting income numbers. Journal of Accounting Research, v. 6, p. 159–177, 1968.

BEAVER, W. H.. Perspectives on recent capital market research. The Accounting Review, v. 77, n. 2, p. 453-474, 2002.

BEAVER, W. H.. Financial reporting: an accounting revolution. 3rded. Englewood Cliffs, NJ: Prentice Hall, 1998.

BEAVER, W. H.. The information content of annual earnings announcements. Journal of Accounting Research, v. 6, p. 67-92, 1968.

BORGES, M. S. D.; NUNES, S. C. D.; ALVES, M. T. V. D.. A demonstração dos fluxos de caixa e sua contribuição para uma tomada de decisão mais informada. Revista Universo Contábil, Blumenau, v. 8, n. 1, p. 141-158, 2012.

BOWEN, R.; BURGSTAHLER, D; DALEY, L.. Evidence on the relationships between earnings and various measures of cash flow. The Accounting Review, v. 61, n. 4, p.713-725, 1986.

BOWEN, R.; BURGSTAHLER, D; DALEY, L.. The incremental information content of accrual versus cash flow. The Accounting Review, v. 62, n. 4, p.723-747, 1987.

BROOKS, C.. Introductory econometrics for finance. Cambridge: Cambridge University Press, 2002.

BROWN, S.; LO, K.; LYS, T.. Use of R2 in accounting research: measuring changes in value relevance over the last four decades. Journal of Accounting and Economics, v. 28, n. 2, p. 83-115, 1999.

BURGSTAHLER, D. C.; DICHEV, I. D.. Earnings, adaptation and equity value. The Accounting Review, v. 72, n. 2, p. 187-215, 1997.

CHARITOU, A.; CLUBB, C.; ANDREOU, A.. The value-relevance of earnings and cash flows: empirical evidence for Japan. Journal of International Financial Management and Accounting, v. 11, n. 1, p. 1-22, 2000.

CHENG, C. S. A.; YANG, S. S. M.. The Incremental Information Content of Earnings and Cash Flows from Operations affected by their extremity. Journal of Business Finance & Accounting, v. 30, p. 73-116, 2003.

CFC - Conselho Federal de Contabilidade. Resolução 1.125 de 15 de Agosto de 2008. NBC T 3.8 – Demonstração dos Fluxos de Caixa. Disponível em: . Acesso em: 28 mar 2012.

CPC - Comitê de Pronunciamentos Contábeis. Pronunciamento Técnico CPC-03 (R2)Demonstração do Fluxo de Caixa. Disponível em: . Acesso em: 30 mar 2012.

CUNHA, M.. Conteúdo Relativo e Incremental do Lucro e do Fluxo de Caixa das Operações no Mercado de Capitais Brasileiro. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) - Programa Multi-institucional e Interregional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, UnB, UFPB, UFPE e UFRN, Brasília, 2006.

DARAGHMA, Z. M. A.. The Relative and Incremental Information Content of Earnings and Operating Cash Flows: Empirical Evidence from Middle East, the Case of Palestine. European Journal of Economics, Finance and Administrative Sciences, n. 22, p. 123-135, 2010.

DECHOW, P.. Accounting Earnings and Cash Flows as Measures of Firm Performance: The Role of Accounting Accruals. Journal of Accountingand Economics, v. 18, n. 1, p. 3-42, 1994.

DIAS FILHO, J. M.; MACHADO, L. H. B.. Abordagens da Pesquisa em Contabilidade. In: IUDÍCIBUS, S.; LOPES, A. B (Coords). Teoria Avançada da Contabilidade. São Paulo: Atlas, 2004.

FAMA, E. F.. Efficient markets: a review of theory and empirical work. Journal of Finance, v. 25, n. 2, p. 383-417, 1970.

FRANCIS, R. N.. The relative information content of operating and financing cash flow in the proposed cash flow statement. Accounting and Finance, v. 50, n. 4, p. 829-851, 2010.

GEE-JUNG, K.. The Value Relevanceof Book Values, Earnings and Cash Flows: evidence from Korea. International Journal of Business and Management, v. 4, .n. 10, p. 28-42, 2009.

GONÇALVES, R. P.. O valor da empresa e a informação contábil: um estudo nas empresas petrolíferas listadas na bolsa de valores de Nova York (NYSE). 2008. Dissertação (Mestrado em Contabilidade). São Paulo: FEARP/USP, 2008.

HABIB, A.; AZIM, I. Corporate governance and the value-relevance of accounting information: Evidence from Australia. Accounting Research Journal, v. 21, n. 2, p. 167-194, 2008.

HENDRIKSEN, E. S.; VAN BREDA, M. F. Teoria da Contabilidade. 5 ed., São Paulo: Atlas, 1999.

HOLTHAUSEN, R. W.; WATTS, R. L.. The relevance of value relevance literature for financial accounting standard setting. Journal of Accounting and Economics, v. 31, n. 1-3, p. 3-75, 2001.

IUDÍCIBUS, S.; MARION, J. C.; FARIA, A. C.. Introdução à teoria da contabilidade para o nível de graduação. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

IUDÍCIBUS, S.; Martins, E.; GELBCKE, E. R.; SANTOS, A.. Manual de Contabilidade Societária. São Paulo: Atlas, 2010.

KARUNARATHNE, W. V. A. D.; HUBEI, W.; RAJAPAKSE, R. M. D. A. P.. The value relevance of financial statements’ information: with special reference to the listed companies in Colombo stock exchange. In: 2 International Conference Steering Excellence of Business. (Proceedings...). Sri Lanka, 2010

KOTHARI, S.. Price-earnings regressions innovations, earnings persistence and stock returns. Journal of Business, v. 10, p. 323-345, 1987.

LIVNAT, J.; ZAROWIN, P.. The incremental information content of cash-flow components. Journal of Accounting and Economics, v. 13, n. 1, p. 25-46, 1990.

LOPES, A. B. A informação contábil e o mercado de capitais. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2002.

LOPES, A. B.. A relevância da informação contábil para o mercado de capitais: O modelo de Ohlson aplicado à BOVESPA. Tese (Doutorado em Ciências Contábeis) – Programa de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.

LOPES, A. B.; IUDÍCIBUS, S.. (Coordenadores). Teoria Avançada da Contabilidade. 2 ed., São Paulo: Atlas, 2012.

LOPES, A. B.; SANT’ANNA, D. P.; COSTA, F. M.. A relevância das informações contábeis na Bovespa a partir do arcabouço teórico de Ohlson: avaliação dos modelos de Residual Income Valuation e Abnormal Earnings Growth. Revista de Administração, v. 42, n. 4, p. 497-510, 2007.

MACEDO, M. A. da S.; MACHADO, M. A. V.; MURCIA, F. D. R.; MACHADO, M. R.. Análise do impacto da substituição da DOAR pela DFC: um estudo sob a perspectiva do value-relevance. Revista Contabilidade & Finanças, São Paulo, v. 22, n. 57, p. 1-20, Set.- Dez., 2011.

MALACRIDA, M. J. C.. A relevância do lucro líquido versus fluxo de caixa operacional para o mercado de ações brasileiro. Tese (Doutorado em Ciências Contábeis) – Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, Departamento de Contabilidade e Atuária, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

MARTINS, G. A.. Estatística geral e aplicada. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2005.

MARTINS, V. G.; MACHADO, M. A. V.; CALLADO, A. L. C.. Análise da aditividade de value relevanceda DFC e da DVA ao conjunto de demonstrações contábeis: evidências de empresas brasileiras de capital aberto. In: VI CONGRESSO ANPCONT, 6, 2012, Florianópolis. Anais... Santa Catarina: ANPCONT, 2012.

MOSTAFA, W.. The Relative and Incremental Merits of Cash Flows and Earnings: The Case of Egypt. Middle Eastern Finance and Economics, n. 15, p. 33-65, 2011.

NOGUEIRA, E. M.; LAMOUNIER, W. M.. “Contágio” entre Mercados de Capitais Emergentes e Mercados Desenvolvidos: evidências empíricas e reflexos sobre a Diversificação Internacional de Portfólios. Revista Brasileira de Finanças, v. 6, n. 2, p. 267–286, 2008.

RAYBURN, J.. The association of operating cash flow and accruals with security returns. Journal of Accounting Research. v. 24, p. 112-123, 1986.

SAEEDI, A.; EBRAHIMI, M.. The Role of Accruals and Cash Flows in Explaining Stock Returns: Evidence from Iranian Companies. International Review of Business Research Papers, v. 6, n.2, p.164-179, 2010.

SALOTTI, B. M.. Divulgação voluntária da demonstração dos fluxos de caixa no mercado de capitais brasileiro. Tese (Doutorado em Ciências Contábeis) – Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, Departamento de Contabilidade e Atuária, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.

SARLO NETO, A.. A reação dos preços das ações à divulgação dos resultados contábeis: evidências empíricas sobre a capacidade informacional da contabilidade no mercado acionário brasileiro. 2004. Dissertação (Mestrado Profissional em Ciências Contábeis) _ Fundação Instituto Capixaba de Pesquisas em Contabilidade, Economia e Finanças, Vitoria, 2004.

SLOAN, R. G.. Evaluanting the reliability of current value estimates. Journal of Accounting and Economics, v. 26, n. 1-3, p. 193-200, 1996.

SOUZA, M. S.. Fluxo de caixa por regime de competência. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) – Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, Departamento de Contabilidade e Atuária, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

VISHNANI, S.; SHAH, B. K.. Value Relevance of Published Financial Statements -with Special Emphasis on Impact of Cash Flow Reporting. International Research Journal of Finance and Economics, v. 17, 2008.

WATTS, R. L.; ZIMMERMANN, G. L.. Positive accounting theory. Englewood Cliffs: Prentice Hall, 1986.

WILSON, G.. The relative information content of accrual and cash flows: combined evidence at the earnings announcement and annual release date. Studies on alternatives measures of accounting income. Journal of Accounting Research, v. 24, p. 165-200, 1986.

YAMAMOTO, M. M.. Teoria da divulgação aplicada ao mercado de capitais brasileiro sob a perspectiva da governança corporativa. Tese de Livre Docência apresentada ao Departamento de Contabilidade e Atuária da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo. São Paulo, 2005.

YAMAMOTO, M. M.; SALOTTI, B.. M. Informação Contábil: estudos sobre a sua divulgação no mercado de capitais. São Paulo: Atlas, 2006.


Texto completo: PDF